"Ele é o meu Deus, o meu refúgio, a minha fortaleza, e nele confiarei" (Salmo 91)

23 de dezembro de 2015

Quanto dura uma rosa?

Duas cerveja
Ou dois capuccinos
talvez um café quente com leite frio

Uma peça de teatro
Ou exposições de arte
Talvez uma balada de musica eletrônica.

Um passeio de bicicleta
Ou uma caminhada pela Paulista
Talvez um final de tarde em alguma praça so pra se ver

Talvez momentos únicos especiais
Ou um conto com dois principes ou super-herois
"Mas se tornas a tua rosa especial ela serás unica  para ti e tu será unico para ela."

12 de dezembro de 2015

Super Cacem!!!

Meus amores já estão formados, como passou rápido e eu sou um dindo super orgulhoso, cheguei meio que de surpresa e a tempo de presenciar e ficar muito mais orgulhoso de cada um e de todos!

21 de outubro de 2015

A noiva do mar-RAPOSA-MA (média-metragem em caráter acadêmico)

"A noiva do mar" conta a história de Rosário, nascida no interior do estado e depois levada para a cidade de Raposa (Maranhão) pelo seu padrinho Damião desde os nove anos de idade. Rosário e seus pais tinham esperança de que Damião a levasse em busca de estudos e um futuro melhor, quando na verdade o seu padrinho só queria educa-la para que ela se tornasse a sua esposa quando atingisse a maior idade. 


17 de setembro de 2015

As 3 Fiandeiras

Uma obra primorosa de teatro de São Luis que tive a honra de assistir aqui em SP, viva o teatro! Viva as 3 Fiandeiras!!!

14 de setembro de 2015

Gigantes do Brasil

Acho que uma das maiores gratificações da vida de um ator é ser reconhecido pelo trabalho, e Gigantes do Brasil foi meu primeiro trabalho aqui nesta cidade e por sinal acabei aparecendo mais do que o esperado, pois meu rosto estampa a matéria que saiu na FOLHA DE SÃO PAULO, muito honrado pela chance de mostrar meu trabalho e ser reconhecido por isso, muito bom isso, alguns cliks que foram pro jornal podem ser conferido aqui e a matéria no link

http://app.folha.uol.com.br/#noticia/595219

Que venham mais trabalhos





20 de junho de 2015

Mais um final de trabalho "A noiva do mar"

Gratidão seria a palavra mais certa pra esse momento, 3 fins de semana gravando com este povo, minha primeira experiência na telona, contracenar com a Jessica e com o Luis foi muito bom, no sol escaldante ou nos lindos finais de tarde, e o mar... o que falar do mar poxa ele que me traz tanta tranquilidade, e uma das primeiras coisas que conheci aqui em São luiz e hoje fecho esse ciclo aqui com esse trabalho que foi tão maravilhoso e gratificante.
Agradecer a equipe: Crismerson, Max, Willian(que me indicou) Luzia e todas as outras meninas

 Que venham novos trabalhos!!!


19 de junho de 2015

Brincar de São João

Brincando de são João, pra quem me conhece ou acompanha meu blog sabe que passei muitos anos brincando quadrilha, mas este ano fazendo a abertura do meu São João sou o Pai Francisco ou Nego Chico(no Piauí), um vaqueiro escravo que cuida do boi mais querido do coronel e é casado com a Catirina que deseja loucamente comer a língua do boi, e para que seu filho na nasça com cara de língua ou que Catirina perca a criança o Chico mata o boi ai se desenrola toda a historia que permeia todos os São Joãos do Nordeste, o fim da historia varia de acordo com região mas todas envolvem misticismo e religiosidade.
A ação era chamar as crianças para o arraial da escola, e foi divertido, agora as fotos pra conferir.












15 de junho de 2015

Espumas ao Vento (Fagner)

Sei que aí dentro ainda mora um pedacinho de mimUm grande amor não se acaba assim
Feito espumas ao vento
Não é coisa de momento, raiva passageira
Mania que dá e passa, feito brincadeira
O amor deixa marcas que não dá pra apagar
Sei que errei, tô aqui pra te pedir perdão
Cabeça doida, coração na mão
Desejo pegando fogo
E sem saber direito a hora e o que fazer
Eu não encontro uma palavra só pra te dizer
Ai, se eu fosse você eu voltava pra mim de novo
E de uma coisa fique certa, amor
A porta vai estar sempre aberta, amor
O meu olhar vai dar uma festa, amor
Na hora que você chegar
E de uma coisa fique certa, amor
A porta vai estar sempre aberta, amor
O meu olhar vai dar uma festa, amor
Na hora que você chegar
Sei que errei, tô aqui pra te pedir perdão
Cabeça doida, coração na mão
Desejo pegando fogo
E sem saber direito a hora e o que fazer
Eu não encontro uma palavra só pra te dizer

Ah! se eu fosse você eu voltava pra mim de novo

14 de junho de 2015

Meu vizinho me viu gravando

Hoje tive uma surpresa boa, acho que a maior felicidade de um ator é ser reconhecido pelo seu trabalho, e como eu já postei anteriormente estou fazendo meu primeiro trabalho para Tv (sem ser publicitário, que fique claro isso)a curta metragem “A noiva do Mar” que é rodado na cidade de Raposa, aqui do lado de São Luis, pois bem, o fato é que hoje já próximo ao meio diameu pai pediu que eu ajudasse ele a descarregar o carro quando um vizinho do prédio ao lado me chama:

Vizinho – Ei rapaz tudo bem
Eu – Tudo bem, quanto tempo, nunca mais lhe vi
Vizinho – É o tempo cara, te chamei porque  queria saber o nome do filme que você ta gravando, achei a cena massa.
(eu fiquei alguns segundos calado, minha cabeça deu um giro de como ele estava sabendo, porque eu não tenho ele nas minha redes sociais, mas como assim, ele sabe do filme?)
Vizinho – Ontem eu estava passando na raposa, olhei e pensei “aquele cara ali eu conheço” e era vc.
Eu- (sorrindo meio desconfiado) Há o nome do filme é a Noiva do mar.
Vizinho – Que legal cara, convida quando for passar viu, parabéns pelo trabalho.


Nossa foi rápido mas eu fiquei tão feliz pelo reconhecimento do trabalho, então aguardem logo logo tem mais fotos das gravações.

7 de junho de 2015

"A noiva do Mar"



Minha primeira experiência na frente da câmera no “cinema” o curta A NOIVA DO MAR  escrito por Crismeson Mauriel, no começo deu ate frio na barriga mas fiquei tranquilo quando soube que minha companheira de cena seria a atriz Jessica Lima (já nos conhecemos de outro trabalho e do Cacem) ai foi só decorar o texto e confiar no talento (rsrsrs).Locação na praia da Raposa na ilha de Slz-Ma dias de sol, praia, sorrisos e muito trabalho.

17 de maio de 2015

Bem sucedido

Esta semana foi questionado na faculdade em relação da minha idade, e respondi com a Graça de sempre “tenho 28 muito bem vividos” alguns ate se assustaram já que não aparento ter essa idade, e no meio dos comentários ouvi um “eita quase perto dos 30, dizem q ate os 30 se não for bem sucedido não será mais” ai que me veio a duvida e respondi “o que seria uma pessoa bem sucedida pra você”. Em meio aos argumentos dela que não soube explicar o que seria uma pessoa bem sucedida...

Talvez um emprego com um salário que de pra pagar as contas? E que trabalhe com oque gosta realmente?  Que faz alguma viagem pelo menos uma vez por pra algum lugar novo? Que já teve um grande amor e outros tantos amores e paixões avassaladoras, que tenha filhos lindos(afilhados também são filhos, e os meus são lindos), que tenha amigos verdadeiros( mesmo mudando de cidade construiu amizades tão boas que duram além da distancia).


É não tenho 30 ainda mas sou bem sucedido!

31 de março de 2015

Paixão de Cristo 2015

Paixões de Cristo sempre são um desafio afinal, recontar uma historia de dois mil anos não é fácil, e este ano como no ano passado não fui ator mas o facilitador para esses guris, afinal alguns nunca tinham pisado em um palco, e os que já tinham feito tinham uma concepção erronia do “ATUAR”. O primeiro desafio foi justamente esse provar pra eles que a Paixão deste ano poderia ser a melhor que eles já participaram, segundo “fazer diferente”  o Marista Araçagy tem 10 anos e nesses anos sempre teve paixão e como quebrar essa rotina, fazer um diferencial dentro do texto  o outro desafio era tirar todos os educadores do elenco afinal a peça é dos alunos, isso consegui no elenco principal mas não do Geral.
Bem, desses 10 anos de Colégio foi a melhor paixão de Cristo, a mais emocionante, segundo alguns pais que assistiram!
E eu como o professor me sinto muito orgulhoso pelo trabalho dos meus bebês que aceitaram o desafio junto comigo!




22 de março de 2015

Marcha contra Dilma, corrupção e mudança

Esse texto não tem a conotação de ser engraçado ou tratar de algo teatral da minha vida, mas uma critica afinal alguns dias a traz houve uma caminhada contra a corrupção que é “instalada” na esfera politica dessa sociedade mas acho que não adianta muito  afinal a corrupção esta não so no governo mas como um câncer em estado bem avançado em todas as parte deste corpo chamado Brasil.

Essa marcha a qual me referi  no paragrafo acima foi dia 15 no domingo e todos os jornais na segunda estavam falando no assunto,  justamente na hora do almoço enquanto estava na fila da cantina fui questionado porque fico na fila já que educadores tem “prioridade”  eu argumentei  falando que não achava justo com quem tinha chegado cedo e já estava na fica há mais tempo, cheguei a ser chamado de bobo mas não liguei, anoite quando já retornava para casa fui parado por uma viatura das PM, pois estou sem a placa dianteira do meu carro, perdida em alguma das milhares “lagoa” que se forma aqui quando chove. Resumindo, fui parado por esta viatura, e nada mais nada menos queriam alguma coisa pra não ficar com meu carro apreendido, então tive que desembolsar alguns reais, não que estivesse sobrando mas que foi melhor do que ter o carro retido.


Fico pensando o que adianta ficar protestando se nós mesmo não mudamos primeiro, conceitos de amor pelo próximo, olho no olho, falar a verdade são coisas que estão em desuso, pois lembro que já perdi pessoas  e chances por não ser verdadeiro e não falar a verdade. Sejamos verdadeiros honestos que nossa consciência esteja limpa e nossa cabeça tranquila 

24 de janeiro de 2015

A Manguda

A Manguda uma das lendas mais conhecidas aqui de São Luís, mas que remete a  outras lendas urbanas  de mulheres de branco/noivas cadáveres ou coisas assim,  era uma figura toda de branco que reluzia em meio a fumaça nas noites escuras do centro da cidade no século passado. Após algum tempo descobriu-se  que essa assombração na verdade eram contrabandista  que “criaram” o fantasma pra espantar as pessoas para fazerem seus contrabandos tranquilamente.

Mas essa Manguda aqui, feita por essas mesmas mãos que agora digitam é para outros fins, um novo trabalho teatral, quem sabe já não é a hora de abrir a cabeça para novos trabalhos, novos horizontes?!
Fica a dica da Manguda ai pra vocês, o vídeo pode ate dar a ideia de assustador mas é so uma brincadeira com a musica, espero que gostem!
video